bienvenidas y bienvenidos a

Biodiversidad en América Latina y El Caribe

Roberto Malvezzi

7 Resultado(s)
Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 10 marzo 2017 10:48
Brasil: Transposição das águas do São Francisco, a hora da verdade

"Sem atacar as causas de destruição do São Francisco, que abrange toda sua bacia, mas principalmente a devastação do Cerrado, não haverá São Francisco em breve tempo", alerta o ambientalista Roberto Malvezzi (Gogó), graduado em Estudos Sociais, filosofia e teologia.

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 1 julio 2016 13:08
Brasil: A transposição e o Golpe

Sabíamos, desde o início, que muitas águas turvas rolariam na obra da Transposição de Águas do São Francisco para o chamado Nordeste Setentrional. Aos poucos elas vão se revelando, incluindo até mortes.

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 11 noviembre 2013 11:23
A privatização do sol

Primeiro foi a terra. Os ingleses, em plena revolução industrial, inventaram o “enclousure”, literalmente a terra “enclausurada”. Para quem conhece os meios religiosos, sabe que clausura quer dizer cercado, isolado, só entra quem for o dono ou quem for admitido. As terras comunitárias, da Igreja e dos reinados foram transformadas em clausuras, isto é, propriedades particulares.

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 31 agosto 2011 13:41
Brasil: geopolítica e geoeconomia

"O Brasil continua sem tecnologia, sem educação de nível, sem saneamento, mas quer ser a 5ª economia exportando produtos básicos. Basta olhar nossa pauta de exportação, cada vez mais dependente do agronegócio e mineradoras."

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Internacional Publicado 2 marzo 2010 12:37
Economia ecológica

A humanidade está passando pela mudança mais vasta, mais profunda e mais imprevisível de toda sua história na face da Terra. A diferença essencial em relação a todas as outras mudanças é que essa não se dá exclusivamente no seio das relações entre os seres humanos, mas nos próprios fundamentos da relação entre a civilização humana e o planeta no qual habita. O mito da inesgotabilidade dos bens naturais ruiu, mas a força inercial do modelo predador persiste.

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais Argentina Publicado 29 junio 2006 10:25
Argentina: a seca das Cataratas do Iguaçu

Antes a seca era exclusividade do semi-árido. Em si uma mentira, da indústria da seca, já que o problema por aqui não de é pluviosidade e sim de evaporação

Autor Roberto Malvezzi Idioma Portugués Pais América Latina y El Caribe Publicado 16 septiembre 2005 13:58
A questão da água na América Latina

Dos seis bilhões de pessoas que habitam a face do planeta, apenas 1,7 bilhões pertence ao modo consumista e predador da civilização contemporânea. Para sustentar os caprichos dessa elite mundial são necessárias 1,5 Terras para alguns, ou até seis Terras para outros. Essa elite não está apenas no primeiro mundo, mas também tem seus nichos no segundo, terceiro e quarto mundo. Estender esse modelo de produção e consumo a todos os seres humanos é impossível, pelos próprios limites desses bens em nosso planeta. Para sustentar esse modelo o maior tempo possível para uma elite restrita, é preciso restringir o acesso dos demais a esses bens

| 1999-2017 Biodiversidad