bienvenidas y bienvenidos a

Biodiversidad en América Latina y El Caribe

Link de este artículo: http://www.biodiversidadla.org/Principal/Recursos_graficos_y_multimedia/Video/Video_-_Mercado_Verde_a_financeirizacao_da_Natureza
Autor Amigos de la Tierra Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 29 junio 2017 11:01

Video - Mercado Verde: a financeirização da Natureza

| Más

Produzido pelo Amigos da Terra Brasil em parceria com a Sucupira Filmes, o documentário: “Mercado Verde: a Financeirização da Natureza” apresenta diversos casos pelo Brasil em que os processos de Mercantilização e Financeirização da Natureza transformam bens comuns, fundamentais à vida, em mercadorias privadas passíveis de transações comerciais, lucro e especulação.

“Mercado Verde: a Financeirização da Natureza”

Esses processos estão em curso em todo o mundo e são amparados em acordos internacionais de livre comércio e em legislações como o Novo Código Florestal, que abrem as portas para grandes corporações explorarem os territórios e que criam uma arquitetura de impunidade para quem viola direitos de comunidades.

O filme aborda as violações de direitos nos territórios provocadas pelos agentes da Financeirização da Natureza, que passa pelas violações da monocultura de eucalipto e soja no Bioma Pampa, intoxicação de todo o ecossistema à margem do Rio Doce pela Samarco (Vale do Rio Doce e BHP Billinton), extermínio de indígenas no Mato Grosso do Sul por latifundiários, ataques aos quilombolas e povos originários através de legislações elaboradas por ruralistas. Por fim, a cooptação do Estado que impulsiona a impunidade das grandes corporações violadoras.

O documentário também apresenta alternativas de resistência a esse sistema, como a troca de saberes entre comunidades, a perpetuação de manejos anscestrais, a valorização da biodiversidade dentro dos biomas.

Para expor estas situações, o vídeo traz diversas entrevistas e depoimentos.

- Marília Gutierrez, assentada da reforma agrária em Herval do Sul (município do Bioma Pampa) e integrante do Grupo Biodiversidade;

- Lúcia Ortiz, Coordenadora Internacional do Programa de Justiça Econômica e Resistência ao Neoliberalismo da Federação Amigos da Terra Internacional;

- Roberto Liegbott, do Conselho Indigenista Missionário;

- Onir Araújo, advogado e integrante da Frente Quilombola e da Organização Nacional Pela Libertação do Povo Negro (OLPN);

- Giovani Krenak, indígena da etnia Krenak;

- Antonio Sepezeiro, quilombola de Sapé do Norte, Espírito Santo.

- Entre outras falas e experiências.

Além de apresentar imagens originais do Amigos da Terra, traz vídeos do Coletivo Catarse, do Conselho Indigenista Missionário, do Amigos da Terra França, da Articulação dos Atingidos pela Vale, da Rádio Mundo Real.

Te convidamos a assistir o documentário e a difundí-lo nas suas redes para que possamos seguir lutando pelo fim da impunidade das grandes corporações e pela construção da soberania alimentar e dos povos nos territórios.

O documentário teve apoio do Fundo Brasil de Direitos Humanos, Fundação Henrich Boll, Siemenpuu Foundation.

Fonte: Amigos de la Tierra - Brasil


¡Comente este artículo!

| 1999-2017 Biodiversidad