bienvenidas y bienvenidos a

Biodiversidad en América Latina y El Caribe

Link de este artículo: http://www.biodiversidadla.org/Principal/Secciones/Noticias/Brasil_Campanha_da_Fraternidade_2017_exige_protecao_dos_biomas_e_discute_a_proibicao_do_fracking_no_Brasil
Autor Coalizão Não Fracking Brasil e pela Sustentabilidade - COESUS Idioma Portugués Pais Brasil Publicado 2 marzo 2017 09:49

Brasil: Campanha da Fraternidade 2017 exige proteção dos biomas e discute a proibição do fracking no Brasil

| Más

Por seus impactos ambientais, econômicos e sociais, a exploração do gás de xisto por fraturamento hidráulico é uma das grandes responsáveis pela destruição da Casa Comum.

Inspirada pelos posicionamentos do Papa Francisco na Encíclica ‘Laudato Si’, a Igreja Católica do Brasil desenvolverá na Campanha da Fraternidade 2017 (veja aqui) o tema ‘Biomas brasileiros e a defesa da vida’ e o lema ‘Cultivar e guardar a criação’.

“Devemos proteger as nascentes e cobrar a recuperação da mata ciliar, não permitir projetos econômicos em áreas de preservação permanente e lançar luzes sobre a questão do fracking, bem como criar um novo arranjo de convívio e de relacionamento dos humanos entre si e com a natureza”, afirmou o Bispo de Umuarama, Dom Frei João Mamede Filho, em coletiva na cidade para o lançamento da campanha realizada na manhã desta quinta-feira, 23.

Para Dom Mamede, além do aumento da população e do modo de viver em aglomerações, o crescente poder técnico-científico de intervenção da natureza e o desejo exacerbado de lucro são fatores que contribuem para destruição da Casa Comum. “Já não basta cuidar e proteger os espaços de forma fragmentada, é preciso incluir o ser humano nessa visão global, conforme ensina o Papa Francisco. Cada ferida e cada arranhão na natureza revelam a destruição do humano e da sociedade”, completa.

Fonte e foto: Não Brasil Fracking


¡Comente este artículo!

| 1999-2017 Biodiversidad