CPT

violencianocampo

"Aumentaram todos os tipos de conflito (maiores números dos últimos 10 anos, o de terra maior em 32 anos de documentação) e todas as formas de violência no campo em relação a 2015. Os assassinatos tiveram um aumento de 22%, menor índice de aumento em 2016, mas o maior número desde 2003. As agressões tiveram o maior índice de aumento: 206%."

Brasil: O aumento da violência no campo tem a cara do golpe

Por CPT
Criminalización de la protesta social / Derechos humanos

Nesses nove meses de 2016, das 47 pessoas assassinadas no campo em todo o Brasil, 16 são de Rondônia, 30% do total.

Brasil: CPT denuncia assassinatos de camponeses em Rondônia

Por CPT
capa_conflitos_2015

"Pela primeira vez, Conflitos no Campo Brasil traz o quadro dos projetos que tramitam no Congresso Nacional que visam a desconstrução dos direitos dos povos do campo. E este clima de crise política, artificial e interessadamente mantido, propiciou que a violência no campo se mantivesse e se ampliasse. Em 2015, 50 pessoas foram assassinadas no campo, o maior número de vítimas desde 2004, e 39% a mais do que em 2014, quando foram registrados 36 assassinatos."

Conflitos no Campo Brasil 2015 - Informe da Comissão Pastoral da Terra

Por CPT
Tierra, territorio y bienes comunes

Tem início nesta segunda-feira (23) e segue até o dia 25 de novembro o Encontro Regional dos Povos e Comunidades do Cerrado, no espaço de acolhida e formação Casa Dona Olinda, região de Araguaína, Tocantins.

Brasil: Encontro Regional dos Povos e Comunidades do Cerrado acontece em Araguaína, Tocantins

Por CPT
Criminalización de la protesta social / Derechos humanos

Em 2014 haviam sido 20 assassinatos no primeiro semestre. Em 2015 foram registrados 23, sendo que desse total somente um não foi na Amazônia.

Brasil: CPT registra 23 mortes no campo somente no primeiro semestre de 2015

Por CPT
conflicto no campo

O Conflitos no Campo Brasil 2014 é a 30ª edição deste relatório que tem se tornado referência nacional e internacional para os que procuram conhecer os conflitos e a violência que acontecem no campo brasileiro. Esta é, por isso, uma edição histórica, que marca os 30 anos ininterruptos deste serviço que a CPT presta aos homens e mulheres da terra e à sociedade brasileira.

Conflitos no Campo Brasil 2014

Por CPT
Defensa de los derechos de los pueblos y comunidades

"Podemos esperar de sua parte uma atuação ativa para garantir aos povos dos campos, das águas e das florestas seus direitos constitucionais, sobretudo de acesso às terras e aos territórios que historicamente lhes pertencem e dos quais foram esbulhados? Ou vamos continuar assistindo a uma atuação de cunho colonialista, que vê nestes povos e comunidades simplesmente “entraves ao desenvolvimento”, ao “crescimento”? "

Brasil: Carta Aberta da CPT à presidenta Dilma Rousseff

Por CPT
CPT2013

"Em 2013, porém, os povos indígenas não foram simplesmente vítimas de ações violentas. Eles protagonizaram 61 ações de retomada de seus territórios, entre as 230 registradas. 20 destas ações se registraram na Bahia e 30 no Mato Grosso do Sul. Fatos que desconstroem a noção de passividade dessas populações."

Conflitos e Violência atingem povos indígenas e com unidades tradicionais - Comissão Pastoral da Terra

Por CPT