Organizaciones brasileras

eje cafetero

"Con la nueva normativa, la CNTBio puede decidir que los organismos producidos con esas biotecnologías no son considerados transgénicos u OGM (organismos genéticamente modificados) y por tanto no necesitan cumplir con la reglamentación de bioseguridad".

Brasil | CNTBIo: Nuevos transgénicos contra el campesinado, la soberanía alimentaria y la naturaleza

Transgénicos

No dia 22 de janeiro de 2018 entrou em vigor uma resolução normativa da CNTBio (Resolução Normativa 16/2018) que decide como considerar uma série de novas biotecnologias que usam engenharia genética, porém com formas diferentes dos transgênicos que já conhecemos (como milho e soja resistentes a agrotóxicos ). Estas novas estratégias para manipular geneticamente plantas e animais podem ou não inserir novo material genético nas sementes ou em seus descendentes.

Brasil - CTNBio: Novos transgênicos contra o campesinato, a soberania alimentar e a natureza

cerrado en peligro

"A principal causa de desmatamento no Cerrado é a expansão do agronegócio sobre a vegetação nativa. Entre 2007 e 2014, 26% da expansão agrícola ocorreu diretamente sobre vegetação de Cerrado."

Brasil - Nas mãos do mercado, o futuro do Cerrado: é preciso interromper o desmatamento

feira-de-sementes

Venha comemorar com as comunidades quilombolas do Vale do Ribeira e participar da décima edição da feira de sementes e mudas, com apoio do ISA e parceiros. Será no próximo 19 de agosto, na cidade de Eldorado (SP), com debates, barraquinhas na praça, apresentações culturais e show de encerramento.

Brasil: Quilombolas do Vale do Ribeira festejam dez anos de sua feira de sementes

José Raimundo

El días 13 de julio del corriente año, cuando José Raimundo Mota de Souza Junior se organizaba para regresar de la finca, acompañado por un hermano y un sobrino, fue sorprendido por 4 (cuatro) hombres armados, sin máscaras, en un carro de color negro. Tres de los asesinos bajaron del vehículo y dispararon a quema ropa en Júnior quién falleció.

Brasil: Organizaciones sociales exigen esclarecimiento del asesinato de José Raimundo Mota de Souza Júnior y titulación comunidad quilombola

Tierra, territorio y bienes comunes

"Estamos mobilizados para defender a democracia, a soberania territorial e alimentar e para impedir qualquer retrocesso aos direitos conquistados pela classe trabalhadora". O documento faz parte da Jornada de Lutas Unitária dos Trabalhadores e Trabalhadoras e Povos do Campo, das Águas e das Florestas, que ocorre de 05 a 07 de setembro, em todo o país.

Manifesto para a sociedade brasileira dos Movimentos Populares do Campo Brasileiro

Pueblos indígenas

Porque pedimos o embargo/boicote aos produtos do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Mato Grosso do Sul tem a segunda maior população indígena do Brasil, cerca de 77 mil pessoas, e é palco das maiores e mais graves violações de Direitos Humanos do Brasil e do mundo: casos de tortura, estupros, espancamentos, ataques armados e assassinatos, praticados por milícias de jagunços e organizações paramilitares, contratadas por fazendeiros, além dos altos índices de desnutrição e suicídios. Está em curso um verdadeiro genocídio*, especialmente do povo Guarani-Kaiowá.

Brasil: Não ao Genocídio dos Povos Indígenas

22957758496_78bbe62e04_b

Cerca de 150 organizações e movimentos populares de todo o país assinaram um manifesto pedindo que o governo implemente o mais rápido possível o Programa Nacional de Redução de Agrotóxicos.

Mais saúde ou mais veneno? Pelo fim dos agrotóxicos, Pronara Já!