Brasil

En la fazenda Los Patos, el venezolano tomó la pala y habló de reforma agraria, de locos y de las tareas que quiere para la unidad latinoamericana

Chavez con los Sin Tierra, hablando de amor y de pasar a la acción

Porto Alegre, 28 de enero. "La prensa dice que este foro 2005 va a ser el último en Porto Alegre", afirmó hoy el escritor uruguayo Eduardo Galeano en perfecto portugués al intervenir en una mesa redonda sobre el agua, "y por eso quiero decir, en nombre de todos los ciudadanos del mundo que creemos que otro mundo es posible: "obrigado Porto Alegre".

La lucha del agua debe ser de todos, planteó Galeano en el Foro Social

BRASÍLIA. Depois de ter na semana passada o aval do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para demitir a diretoria da Embrapa por ênfase na agricultura familiar, o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, obteve ontem carta-branca do presidente para criar um superministério com foco renovado no agronegócio

Brasil: Lula dá carta branca a Rodrigues para fazer mudanças na Agricultura

Um belo sonho se desmanchou... O sonho de ter a pesquisa agropecuária voltada ao interesse da nação e da massa popular

Brasil: um sonho se desmancha

Desmatamentos em Mato Grosso aumentaram 51,9% de 2001 a 2004
A grande expansão, desde 2001, do cultivo da soja na região amazônica tornou-se a principal preocupação de organizações ambientalistas com o desmatamento da floresta e do cerrado

Brasil: para ONG, soja provoca devastação

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, demitiu hoje toda a diretoria da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), estatal que desenvolve projetos nas áreas de biotecnologia e tecnologia agropecuária

Brasil: ministro da Agricultura demite toda a diretoria da Embrapa

A decapitação da atual direção nacional da Embrapa ocorrida no dia 21 de janeiro, constitui mais uma ação consciente do Governo Lula, através de medida político-administrativa do ministro Roberto Rodrigues, na afirmação exclusiva dos interesses de classe do capital oligopolista internacional do agronegócio. Essa decisão consagra os destinos da Embrapa: a serviços dos interesses das grandes empresas capitalistas do campo e das indústrias ligadas ao agronegócio. Portanto, mais uma prática efetiva consciente e intencional desse governo na exclusão econômica e social do campesinato

O agronegócio se apropria da Embrapa

A ausência de uma política nacional de biossegurança leva o governo a agir de "forma conjuntural", na opinião do gerente de recursos genéticos da Secretaria de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, Rubens Nodari. De acordo com ele, o governo não tem diretrizes nem princípios orientadores das ações de governo, dificultando "que se consiga avançar de forma soberana"

Brasil: Governo favorece transgênicos