Leonardo Melgarejo

Avelina Ramírez, lista para la jornada. Foto: Consuelo Pagaza

El avance de la guerra en Ucrania ha oscurecido los problemas que están concretamente bajo nuestro control.

Una guerra contra lo que nos divide

"No Brasil, os agrotóxicos que matam, no mundo todo, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), perto de 193 mil pessoas ao ano, recebem estímulos na forma de isenções de impostos e incentivos que alcançam perto de R$ 10 bilhões/ano" - Arquivo / EBC

Na noite desta quarta-feira, 9 de fevereiro, evidenciou-se mais uma vez o domínio do agronegócio internacional sobre a maioria parlamentar da nossa Câmara Federal. Naquela noite, dois terços dos deputados que em tese deveriam trabalhar pela saúde, segurança e soberania dos brasileiros agiram de forma a merecer o apelido de vendilhões da pátria, com o que Brizola costumava rotular este tipo de gente.

Luís Inácio avisou: São 300 picaretas com anel de doutor

Caixa Preta da Terra instalada na Austrália vai guardar detalhes relativos ao nosso avanço, rumo ao fim da vida que conhecemos - Foto: Earth Black Box

"Aqui opera uma intencionalidade política não apenas negacionista como também estimuladora do caos. Com o desmonte dos órgãos reguladores e na ausência de fiscalização, ambições do mercado tomaram o freio nos dentes. Na cara dura, estão estimulando a apropriação privada e a destruição da biodiversidade contida em terras públicas, da Amazônia Legal".

Sérgio Sampaio, a peste e a caixa preta da terra

"Sabemos da disputa por ossos e dos pais e mães que sofrem, sem trabalho, neste mundo onde sem trabalho, não há honra. Neste mundo onde sem honra, se surta, se morre, se mata" - Foto: Giorgia Prates

"Se trata de recusar mentiras e buscar elementos de lucidez junto a todos aqueles que, em grande frente farão avançar, com responsabilidade e orgulho, a vida, na contramão do apocalipse".

Como el musguito en la piedra

"A liberação de consumo do trigo tramitou sob sigilo e foi decidida sem a CTNBio ter indicado os especialistas na área de defesa do consumidor previstos por lei em sua composição" - Bioceres

Com satisfação apresento na coluna desta semana artigo de Gabriel Fernandes, sobre decisão tomada nesta quinta-feira (11) pela CTNBio. Mais um passo do agro capturado pelo capital especulativo, em detrimento dos interesses de toda a população brasileira. Mais uma ofensa aos direitos humanos, à soberania nacional, ao método científico e ao bom senso. Que esta nova evidência dos males que nos assolam desde o golpe de 2016 ajude a nação a despertar da letargia que nos consome.

Trigo transgênico para quem?

"Territórios que vivenciam degradação da água, experimentam degradação da vida, e os avanços em algumas situações já são irreversíveis" - Ideflor Bio/Fotos Publicas

"Resulta óbvia uma necessidade vital: precisamos voltar a sacralizar as fontes de água, criminalizar sua destruição, reconstruir noções de respeito à vida de todos, em conformidade com a seguinte premissa: a saúde é uma só. Humana e ambiental, simultaneamente, a saúde do planeta exige que aproximemos nossos compromissos para com os direitos humanos, aos direitos da natureza, onde a proteção da água, que deve ser livre, acessível a todos, se coloca como ponto fundamental".

“Água não se vende, água se defende”

"O Marco Temporal revela articulação de bandos que, por ganância, além de desmoralizar as instituições nacionais, pretendem corroer a ideia de solidariedade entre os povos, a ONU e o próprio espírito humano" - Carl de Souza / AFP

"O Marco Temporal revela articulação de bandos que, por ganância, além de desmoralizar as instituições nacionais, pretendem corroer a ideia de solidariedade entre os povos, a ONU e o próprio espírito humano. Não percebem, mas estão acabando com a vida em si. Em ignorância e má fé, desprezam conhecimentos importantes. Estão a um só tempo estimulando o aquecimento global e destruindo elementos essenciais para enfrentamento das crises que daí resultarão".

E você? Vai ficar aí parado, esperando a morte chegar?

"A sociedade “científica” discute à portas fechadas possível liberação de um trigo geneticamente modificado, já autorizado na Argentina de forma condicionada à sua licença de importação e consumo, pelo Brasil" - Reprodução

"Seja como for, tanto no caso do trigo GM como no das máscaras, observamos avanço/primazia de interesses individuais sobre coletivos, com as instituições perdendo credibilidade e a democracia crescentemente ameaçada".

As máscaras, o trigo, a boiada