EcoDebate

Supressão vegetação nativa no bioma Cerrado no ano de 2021 foi de 8.531,44 km²

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), unidade vinculada ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), concluiu o mapeamento da supressão vegetação nativa no bioma Cerrado, atualizado pelo novo limite do bioma definido pelo IBGE em 2019. O valor mapeado foi de 8.531,44 km2 de corte raso no período de agosto de 2020 a julho de 2021. 

Supressão vegetação nativa no bioma Cerrado no ano de 2021 foi de 8.531,44 km²

Frangos criados em um sistema industrial intensivo

Estudo pioneiro realizado em cinco países – Canadá, Brasil, Espanha, Estados Unidos e Tailândia – analisa o impacto da pecuária industrial intensiva na resistência antimicrobiana. Pesquisa indica possíveis elos da pecuária industrial intensiva e a presença de bactérias multirresistentes no PR.

Bactérias multirresistentes são encontradas em rios próximos a fazendas industriais intensivas

Conhecimento tradicional dos habitantes da Amazônia é essencial para as estratégias de conservação

Um estudo do ICTA-UAB mostra que o conhecimento ambiental local é uma ferramenta valiosa para a conservação na Amazônia, comparável a outros métodos científicos.

Conhecimento tradicional dos habitantes da Amazônia é essencial para as estratégias de conservação

Garimpo ilegal avança em Terras Indígenas e em Unidades de Conservação

Sobrevoos realizados em regiões diferentes na Amazônia mostram avanço do garimpo ilegal em Terras Indígenas e em Unidades de Conservação.

Garimpo ilegal avança em Terras Indígenas e em Unidades de Conservação

Alto Paraíso de Goiás (GO) - Área de cerrado desmatada para plantio no município de Alto Paraíso (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Cerrado perdeu quase 6 milhões de hectares de vegetação nativa entre 2010 e 2020: dos 13 estados ocupados pelo Cerrado, 11 tiveram perda de vegetação nativa no período, e quase toda essa área (98,8%) foi destinada à atividade agropecuária.

Cerrado perdeu quase 6 milhões de hectares de vegetação nativa entre 2010 e 2020

MapBiomas comprova que terras indígenas são as áreas mais preservadas do Brasil

Levantamento do MapBiomas mostra também que entre 1985 e 2020 a área de agropecuária cresceu em 5 dos 6 biomas brasileiros. No caso da soja, o total ocupado equivale ao estado do Maranhão. Apenas 1,6% da perda de Florestas e Vegetação Nativa no Brasil entre 1985 e 2020 ocorreu em terras indígenas.

MapBiomas comprova que terras indígenas são as áreas mais preservadas do Brasil

A biodiversidade fornece serviços ecossistêmicos essenciais para a agricultura

“Devemos celebrar a biodiversidade todos os dias, não apenas no dia 22 de maio”, comenta Edie Mukiibi, Vice-Presidente do Slow Food. “Por que? Porque a biodiversidade é o que permite que os sistemas agrícolas resistam e superem os choques ambientais, as pandemias e a crise climática. Fornece serviços ecossistêmicos essenciais, como polinização e fertilidade do solo. Permite produzir alimentos com menor impacto sobre os recursos não renováveis e menos insumos externos, como os agrotóxicos. É essencial para a nossa sobrevivência.”

A biodiversidade fornece serviços ecossistêmicos essenciais para a agricultura

A importância dos polinizadores na produção dos alimentos que consumimos

Você já parou pra pensar na presença dos polinizadores na sua alimentação diária? No café da manhã, no prato do almoço, no lanche da tarde ou naquela visitinha básica à geladeira depois do jantar. Em todas essas ocasiões, muitos dos alimentos que consumimos têm a participação generosa — e fundamental — dos polinizadores em sua formação.

A importância dos polinizadores na produção dos alimentos que consumimos