Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra

¡Cero desalojos en Brasil!

El 30 de junio está a punto de expirar la suspensión de la moratoria de los desalojos en Brasil, lo que amenaza a medio millón de personas con quedarse sin hogar. Sin embargo, las mismas condiciones que llevaron a esta suspensión de la moratoria de los desalojos siguen presentes.

¡Cero desalojos en Brasil!

Foto: Acervo do MST no MS

Na luta pela terra, por soberania e auto determinação dos povos, a Juventude Sem Terra convoca a defender a luta dos povos indígenas Guarani e Kaiowá, que estão na ponta de lança do processo de resistência em seus territórios.

Mato Grosso do Sul: o epicentro da guerra contra os povos indígenas Guarani e Kaiowá

Manifestação do 17 de Março em São Paulo: MST por Despejo Zero. Foto: Acervo do MST em São Paulo

Em entrevista, Kelli Mafort, da coordenação nacional do MST, reafirma necessidade da prorrogação da ADPF 828 e denuncia que meio milhão de pessoas estão ameaçadas de despejo no país.

“Enquanto morar, viver e comer for privilégio, ocupar é direito”, afirma Kelli Mafort

Maria Manthay, guardiã da biodiversidade Maria Manthay, guardiã da biodiversidade. Foto: Comunicação do MST na Bahia

Os aromas de março chegaram e com isso a luta das mulheres Sem Terra, animadas com seus facões, lenços, cadernos e canetas, para a Jornada Nacional de Luta das Mulheres Sem Terra, com a realização de muitas atividades formativas, plantios de árvores e atos em várias regiões do país, contra as multinacionais do agronegócio, os pacotes de venenos liberados pelo governo federal e pela vida das mulheres. A jornada deste ano traz o lema: Terra, Trabalho, Direito de Existir. Mulheres em Luta, não vão sucumbir!

Conheça a história de Maria Manthay, guardiã da biodiversidade

Colheita do arroz. Foto: Maiara Rauber

Famílias assentadas do MST no Rio Grande do Sul realizarão a 19ª Festa da Colheita no próximo dia 18 março, no município de Nova Santa Rita-RS.

Festa da Colheita da maior produção latino-americana de arroz agroecológico será em março

Assembleia Legislativa de São Paulo aprova o PL 410/21 sobre a titulação das terras da Reforma Agrária

Luta popular barrou a emenda que pretendia legalizar um milhão de hectares de terras públicas no estado de São Paulo, mas os trabalhadores devem seguir mobilizados.

Assembleia Legislativa de São Paulo aprova o PL 410/21 sobre a titulação das terras da Reforma Agrária

Foto: Wellington Lenon

Este enero de 2022, el Movimiento de los Trabajadores Rurales Sin Tierra (MST) cumple 38 años de una lucha histórica de resistencia y conquistas.

MST: 38 años luchando por la democratización de la tierra

MST celebra 35 anos e reafirma luta por reforma agrária e alimentos saudáveis

Ocupando terra, dialogando com a sociedade, defendendo os direitos da classe trabalhadora e produzindo alimentos saudáveis”, afirmou o representante da direção nacional do MST, João Pedro Stédile, que ressaltou a disposição de toda a militância do movimento de seguir em resistência e em luta permanente. 

MST celebra 35 anos e reafirma luta por reforma agrária e alimentos saudáveis